Páginas

sábado, 29 de outubro de 2011

CORAL DE ESPÍRITOS - Whisper of Dead Light

O Coral de Espíritos foi formado em 2002 na cidade de Brasília pelos irmãos Diego Moscardini (guitarra e vocal) e Daniel Moscardini (bateria) que juntos com João Levy (baixo) iniciaram os trabalhos da banda. João logo deixou o trio que o substituiu em 2004 com Eduardo Stefano e assim se foram três anos que resultaram nas bases do que viria ser o primeiro álbum.

Como a banda buscava um som mais elaborado, apenas um guitarrista não daria conta do recado e então em 2007 é recrutado o guitarrista Vitor Hormidas para o Coral de Espíritos. Em 2010 a banda lançou o seu primeiro álbum intitulado “Whisper of Dead Light” sobre o qual irei comentar agora.

Capa do álbum
Faixas:
1. Reborn Through the Sorrow
2. Tales from the Endless Sea
3. Quoth the Raven, Nevermore
4. Dirty and Human
5. All These Years
6. Leaf in the Wind of Fall
7. Front Platoon
Lançamento: 2010
Gravadora: Independente

A proposta do Coral de Espíritos é executar um Death Metal altamente técnico flertando com o Metal Progressivo e com a Música Erudita, e afirmo com extrema convicção que o fazem de maneira magnífica. Pode ser contraditório, mas os caras conseguem soar extremamente agressivos e em alguns momentos super melódicos.

O álbum começa com Reborn Through the Sorrow com a bateria no bumbo duplo, logo entrando as guitarras fuzilando riffs certeiros e uma bela quebradeira na bateria. O desempenho vocal de Diego Moscardini com seu vocal ultra rasgado é impecável e as guitarras seguem como destaque na faixa com riffs densos e pesados e solos mais melódicos. Tales From The Endless Sea é em boa parte mais cadenciada que as sua anterior, mas sem perder a porradaria na bateria. No solo a faixa explode em velocidade e ainda no solo volta a ficar cadenciada e com arranjos mais melódicos, ainda há espaço para destacar as linhas de baixo muito bem postadas e sempre presentes em meio a toda a técnica da banda. Seguindo temos Quoth the Raven, Nevermore com a porrada rolando solta, Daniel Moscardini continua massacrando sua bateria e em pleno entrosamento com o baixista Eduardo Stefano, que inclusive apresenta um bom solo de baixo sendo o destaque da faixa. Dirty and Human começa extremamente suave com uma melodia muito agradável, mas não demora muito para a pancadaria voltar a comer solta, apesar de mais cadenciada que na maior parte do álbum. A faixa volta a ficar extremamente melódica no solo com o violão erudito em mais um momento de extrema beleza musical, para no final novamente voltar a ser o bom death metal que tanto amamos.

All These Years é pancada o tempo todo, grande interpretação de Diego Moscardini, riffs extremamente bem sacados por parte de Vitor Hormidas e muita técnica da cozinha da banda. Leaf In The Wind of Fall é a mais curta do album com menos de 3 minutos somente instrumental em uma melodia cativante com uma boa levada no violão e belos riffs com muito feeling na guitarra. Passada a calmaria, vem a tempestade de Front Platoon que encerra o álbum, ficando um gosto de quero mais pelo fato do álbum ter somente sete faixas, mas são sete faixas de muita virtuose, agressiviadde e melodia, tudo de extremo bom gosto em um dos trabalhos mais surpreendentes que ouvi recentemente.





Myspace: http://www.myspace.com/coraldeespiritos
Facebook: http://pt-br.facebook.com/pages/Coral-de-Esp%C3%ADritos-Death-Metal/136467793088753
Comunidade no orkut: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=32963980


Formação:
Diego Moscardini – Vocal e Guitarra
Vitor Hormidas – Guitarra
Eduardo Stefano – Baixo
Daniel Moscardini – Bateria

2 comentários:

Vinicius Dsan disse...

krisium q me perdoe mas o coral é mais foda

Ziee Rodrigues disse...

topa parceria?? honrabr.blogspot.com